Petrukill Mephin

Description:
Bio:

Nascimento: 12 de Hammer de 1203 CV
Falescimento: Desconhecido

Outros Pseudônimos: nenhum
Raça: Elfo Cinzento
Classe: Ranger de Mielikki
Altura: 1,70m
Peso: 52 Kg
Olhos: Verdes
Cabelos: Brancos
Traços Peculiares: nenhum
Parentes conhecidos: Yavan Lenoratantali (noiva, falecida)
Local de nascimento: Evereska
Ocupações Anteriores: Aventureiro
Ocupação Atual: Caçador
Aliados: Calímaco (falecido), Anvhar Trotsk (falecido), Fahn, Roswald, Snake
Inimigos: Graz’zt, Razim Newthongue (falecido), Smaug (falecido), Zhentarim
Mestre: Rangers elfos de sua tribo
Grupos a que é associado: (atualmente) Círculos druídicos do Norte, culto a Mielikki

Petrukill Mephin conheceu Anvhar Trotsk quando este estava peregrinando pelos Picos Cinzentos realizando os exercícios do Manual do Bom Exercício. O ranger vivia na região com o bardo Calímaco, seu ajudante, cuidando de um arvoredo druídico quando o local foi atacado por abishais. Não se sabe o que levou os abishais ao Plano Material Primário para atacarem o local sagrado para os druidas e rangers, mas foi por sorte deles que Anvhar estava passando perto naquele momento e ouviu os sons de luta. Após o fim da batalha, firmaram contato e passaram a fazer parte do grupo de aventureiros de Brightstone.

Posteriormente, o reino anão de Trotskhard foi atacado pelo exército de orcs comandado por Groborg Lâmina Snagrenta a mando de Smaug, que procurava uma pirâmide que se encontrava enterrada no reino e que houvera sido escolhida como local de falecimento de uma divindade há muito tempo atrás. Petrukill ajuda Anvhar na batalha contra os orcs, no entanto, não conseguem impedir a destruição do reino. A dupla resolve seguir os remanescentes do exército em busca de vingança e respostas e, eventualmente, na companhia de Roswald, descobrem que os orcs haviam sido contratados por Razim Newthongue, arauto de Smaug, para que o dragão vermelho usasse o Caixão Negro retirado da pirâmide do reino de Trotskhard para forjar armas de mitral para seu exército. O mesmo Razim escravizou elfos de guthmere e anões das Terras Centrais do Ocidente para trabalharem nas Fornalhas de Smaug, forjando as armas e armaduras de mitral que os bárbaros do exército usariam para espalhar o terror de Smaug pelo mundo conhecido. O grupo seguiu com as pistas que tinham até encontrar elfos sobreviventes de Guthmere dos ataques do arauto e assim Petrukill descobriu que sua amada noiva, Yavan Lenoratantalis, estava entre eles.

No ataque planejado às Fornalhas nas montanhas Orsraun, Razim assassinou a noiva de Petrukill a sangue frio em sua barreira de lâminas quando o grupo tentava o resgate da mesma, Petrukill, enfurecido, vem a vingar sua amada usando seu arco para acabar com a vida do vilão. A partir de então, o elfo teve mais um motivo para ajudar seus amigos: derrubar o tirano dracônico Smaug e fazê-lo pagar pelas dores causadas por sua ganância. Petrukill vem a completar sua demanda ao disparar a flecha que deu fim à vida do dragão. Posteriormente, o elfo veio a auxiliar seus amigos aventureiros no resgate de Waukeen no Abismo, acabando por salvar alguns animais sagrados que se encontravam no covil de Graz’zt. No entanto pouco depois disso, Petrukill retirou-se em exílio nas Montanhas Picos Cinzentos. Sua última aparição foi no enterro do herói anão Anvhar Trostk.

Petrukill Mephin

Legado do Norte bruno_baere Icedfox